Por que escolhemos #NodeJS

[English Version]

Primeiro de tudo é importante entender que eu nunca fui um fã de javascript. Sempre considerei uma linguagem incompreensível e vacilante que está sempre tentando apunhalá-lo pelas costas assim que você começa a confiar nela.

Também nunca fui fã de programação de front-end, então qualquer linguagem que remotamente me lembre de montar uma tela é como água e óleo, então você pode ver que para isso funcionar, a linguagem REALMENTE precisava me animar para ser levada em consideração.

No entanto, assim que fui contratado para a empresa para a qual trabalho atualmente, me foi dada a difícil tarefa de definir uma tecnologia que não só reduziria os custos operacionais e de desenvolvimento, como também precisaria reunir o que era na época, duas equipes bem separadas de desenvolvedores Java / Oracle SOA e .Net que, pelo que me foi dito na época, apesar de em pouco tempo perceber que essa era uma impressão muito errada, não apenas não concordavam muito, mas não estavam extremamente inclinados a aprender novas tecnologias.

Nunca tinha ouvido falar do #NodeJS antes, então eu nem sabia por onde começar. Trabalhei com Java antes deste trabalho por cerca de 18 anos, então você pode imaginar que a minha opinião sobre Java ou .Net seria altamente tendenciosa, o que significa que não poderia ser uma opção. Alguma pesquisa estava definitivamente no meu horizonte.

Muitas línguas foram consideradas e mesmo que eu ainda esteja mantendo Python como minha escolha para o futuro próximo em nossos esforços de ML, poucas línguas realmente chamaram minha atenção, até que decidi, como uma das demandas também era redução custos, buscar soluções PAAS em nuvem e acabei esbarrar em muitos provedores de serviços cloud que oferecem hospedagem de baixo custo em serviços de javascript, o nome #NodeJS apareceu pela primeira vez. Como pode ser, eu pensei comigo mesmo, o javascript não é uma linguagem de solução corporativa, seria preciso ser louco para escolher uma coisa dessas!

Mesmo ainda sendo muito cético sobre isso, decidi abordar todos os desenvolvedores em ambos os grupos distintos para que pudesse ver quantos deles tinham usado ou ainda usam o javascript diariamente, e, como você pode imaginar, não foi difícil descobrir muitos deles não só tinham conhecimento prévio mas alguns deles estavam até fazendo suas próprias experiências #NodeJS em seus projetos pessoais.

Depois de muita codificação para provar a mim mesmo que poderia realmente ser uma boa aposta. Com a ajuda do livro listado abaixo, além de mais documentos e contribuições que a comunidade de código aberto publica constantemente, é importante mencionar aqui o Rising Stack, o grupo de diretores decidiu que valeu a pena tentar o nosso primeiro projeto.

Obviamente, houveram muitos problemas na estrada, muitas lições aprendidas, mas, uma vez que o projeto estava online, o desempenho da solução foi tão impressionante, a necessidade de poder de processamento tão generoso que não demorou muito para outros gerentes de projeto entrarem em contato com nossa equipe para que eles também pudessem usar a solução em suas próprias demandas.

Nas próximas semanas, meu plano é enviar muito mais posts sobre os problemas que tivemos, as soluções que encontramos usando o poder da comunidade open source, os produtos que decidimos usar e como eles se comportaram no mundo real.

Por favor, siga-me no Twitter em @vrsbrazil para que você possa ver como o primeiro projeto evoluiu e muito mais.

Obrigado.

Vinícius Santos

Advertisements

2 thoughts on “Por que escolhemos #NodeJS”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s